SHOWROOM MATRIZ

SHOWROOM MATRIZ

+ 55 (48) 3447-7777

Rua Maximiliano Gaidzinski, 245
CEP 88845-000 – Centro
Cocal do Sul – SC

Horário de atendimento
De segunda a sexta-feira, das 8h às 17h48.

Ver no Mapa
CASA BRASIL ELIANE

CASA BRASIL ELIANE

+55 (11) 2122-7272

Avenida Brasil, 526
CEP 01430-000 – Jardim América
São Paulo – SP

De segunda a sexta-feira, das 9h às 18h00.
Sábados das 9h às 13h.

Ver no Mapa
SHOWROOM BAHIA

SHOWROOM BAHIA

(71) 3493-4242 / 4202

Av. Industrial Urbana 495, Bairro Industrial
CEP 42.800-215
Camaçari – BA

De segunda a sexta-feira das 8h às 17h30
E-mail: grasiele.bandeira@eliane.com

Ver no Mapa
SHOWROOM EUA

SHOWROOM EUA

+1 (469) 900 5408

2075 McDaniel Dr Suite 110
Carrolton Texas 75006 – EUA

De segunda a sexta-feira
horário local EUA (CTD) das 8h às 17h
E-mail: elianeeua@eliane.com

Ver no Mapa

SALAS DE
ESPECIFICAÇÃO

BELÉM - PA

Rua Municipalidade, 985 – TV Wandenkolk
e Dom Coelho, Condomínio Edifício Mirai
Office, Sala 512 – CEP 66053-180
Umarizal – Belém – PA

Mariana Taina Pereira de Souza
+55 (91) 9 9914-8638

BELO HORIZONTE - MG

Rua Fernandes Tourinho, 929 – Edifício
Libertas – Sala 702 – CEP 30112-000 – Lourdes
Belo Horizonte – MG

Anna Paula Andrade Rodrigues
+55 (31) 9 9919-3995

BRASÍLIA - DF

Smas Trecho 3, S/N – Conjunto 3, Bloco A
Sala 7 – CEP 71215-300 – Guará
Brasília – DF

Fernanda Gonçalves de Oliveira
+55 (62) 9 8183-8171

CUIABÁ - MT

Av. Carmindo De Campos, 1887, Edifício
Cuiabá Casa, S/N – Sala 10
CEP 78070-100 – Jardim Petrópolis
Cuiabá – MT

José Luiz Pierri
+55 (65) 9 9972- 8491

CURITIBA - PR

Rua Desembargador Motta, 1499 –
Condomínio Edifício Terra De Santa
Cruz, Apto 206 – CEP 800250-060 – Centro
Curitiba – PR

Sonia Bileski
+55 (41) 9 9243-4820

FLORIANÓPOLIS - SC

Rua Santa Luzia, 100 – Edifício The Place
Office, Salas 303 e 304
CEP 88036-540 – Trindade
Florianópolis – SC

Joel de Almeida Carvalho
+55 (47) 9 9156-2525

GOIÂNIA - GO

Av. C 208, S/N – Esquina C/ Rua 131 – A, QS 262 A, LT 13
CEP 74255-070 – Jardim América
Goiânia – GO

Fernanda Gonçalves de Oliveira
+55 (62) 9 8183-8171

PORTO ALEGRE - RS

Rua Furriel Luiz Antônio Vargas, 380
Edifício Nova Era, Sala 211 e 213
CEP 90470-130 – Boa Vista –
Porto Alegre – RS

Nadia Maria Cechinel
+55 (51) 9 9633-2943

RECIFE - PE

Av Conselheiro Aguiar, 1748
Edf. Empresarial Ítalo Brasil Renda
Sala 1108 – Bairro Boa Viagem
Cep: 51.111-010
Recife – PE

Gustavo Alberto Costa

+55 (81) 9 9891-1717

RIO DE JANEIRO - RJ

Av. das Américas, 700 – Bloco 2,

Sala 144 – CEP 22775-003 – Barra Da Tijuca

Rio De Janeiro – RJ

Nina Freitas

+55 (21) 99847-1995

SALVADOR - BA

Alameda Salvador, 1057 – Edifício Salvador
Shopping Business – Torre América, Sala 1710
CEP 41820-790 – Caminho Das Árvores
Salvador – BA

Cristiane Oliveira Machado de Almeida
+55 (71) 9 9213-1581

Tradução

Blog Eliane
Arquitetura

Biomimética como tendência: Projetos inspirados pela natureza

3 min de leitura | admineliane
Biomimética como tendência: Projetos inspirados pela natureza

A biomimética na arquitetura significa mais do que apenas copiar as formas presentes na natureza. Sua aplicação acontece quando os arquitetos e designers estudam as funções e estruturas de elementos naturais como animais, plantas, ecossistemas e utilizam o aprendizado para desenvolver projetos.


 


Eastgate Center, de Mick Pearce




Imagem: Eastgate Center. Mick Pearce




O Eastgate Center, localizado em Harare, no Zimbábue, é um edifício projetado a partir de uma observação do arquiteto Michael Pearce da estrutura de cupinzeiros africanos e seus sistemas de temperatura e circulação de ar e luz.


Considerando os mesmos sistemas de correntes de ar do interior dos cupinzeiros, o edifício não apresenta nenhum sistema de ventilação artificial como ares condicionados ou aquecedores e, ainda assim, sempre mantém sua temperatura ideal.


Para entender plenamente a estrutura do edifício, é preciso entender a estrutura do cupinzeiro, em si, que possui minúsculos furos ou cavidades em seu entorno, permitindo que o ar transite livremente, além de apresentar poços de ventilação e chaminés, para a liberação do ar quente.


O mesmo acontece no edifício Eastgate Center: os materiais utilizados (lajes de concreto e tijolos), apresentam massa térmica, ou seja, conseguem absorver o calor sem, necessariamente, alterar sua temperatura. Sua superfície apresenta extremidades como espinhos, que evitam a perda de temperatura durante a noite.


Por meio de um sistema de ventiladores de baixa potência, o ar fresco noturno de fora é puxado e dispersado pelos 7 andares do edifício. Enquanto isso, os blocos de concreto absorvem o frio, isolando o edifício e resfriando o ar circulante. Quando amanhece e a temperatura sobe, o ar quente é ventilado pelo teto e liberado pelas chaminés. Assim, a temperatura em seu interior se mantém estável e agradável, mesmo em uma região de clima super quente como a África.


Desde que abriu suas portas em 1996, o sistema de controle climático 90% natural de Mick Pearce tornou o Eastgate Center um marco global para a sustentabilidade, utilizando 35% menos energia do que outros prédios de mesma proporção.



Casa Folha, dos escritórios Mareines e Patalano



Imagem: Patalano Arquitetura


 


Uma estrutura para manter a circulação do ar e o balanço da temperatura é a Casa Folha, localizada em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. Esta casa de praia foi inspirada em 6 folhas de palmeira para sua cobertura.


O encaixe circular das folhas de quase 25 m de comprimento, desenvolvidas a partir de madeira laminada de eucalipto, facilita a ventilação natural provinda do litoral para o interior dos ambientes da Casa.


Dessa forma, a Casa Folha dispensa sistemas de resfriamento artificial, como ares condicionados, e economiza energia. Outro ponto interessante sobre a edificação é que a representação das folhas impede que os raios solares incidam diretamente sobre os quartos da Casa, evitando o aumento da temperatura.


O projeto, além de um design inovador, também promove a sustentabilidade. Através de um sistema de tubulação interno do telhado, a Casa consegue coletar até 60% de água da chuva, de modo a ser filtrada e reutilizada em piscinas e jardins.


 


Votu Hotel, por GCP Arquitetura e Urbanismo


 



Imagem: GCP Arquitetura e Urbanismo (Reprodução).


 


Outro exemplo nacional de biomimética aplicada na arquitetura é o Votu Hotel. Localizado na Praia dos Algodões, na Península de Maraú, no Sul da Bahia.


O principal desafio, durante o desenvolvimento do hotel, foram as questões climáticas da região, que é naturalmente quente. O escritório GCP precisou pensar em uma solução que não impactasse negativamente o ecossistema local.


A solução foi se inspirar na natureza! Para treinar a equipe de arquitetos da GCP, a bióloga e especialista em Biomimética, Alessandra Araujo, foi convidada para o projeto.


A interdisciplinaridade permitiu esse resultado: o projeto foi inspirado no conforto térmico das tocas dos Cães de Pradaria, esta espécie desenvolve suas tocas enterradas no solo, com longos tubos subterrâneos que permitem a entrada e saída de ar através das diferenças de pressão atmosférica.


Além disso, outras inspirações como a capacidade de auto sombreamento dos cactos e as trocas de calor do bico dos tucanos também foram utilizadas para a aplicação biomimética.


 


Para mais conteúdos como esse, acesse o Connectarch e confira!



 


Seta     Voltar

Últimas Notícias