Fornecedores:

Devem desenvolver procedimentos de segurança consistentes com os critérios do C-TPAT para melhorar a integridade da carga no ponto de origem.

Avaliações dos processos e estrutura dos fornecedores poderão ser conduzidas periodicamente baseadas na análise de risco de acordo com os critérios de segurança do C-TPAT.


Critérios:

Critério de Controle de Acesso:

O perímetro de manuseio e armazenamento da carga deve ser cercado. Dentro do perímetro fechado, recomenda-se que seja segregado carga doméstica, internacional, de alto valor agregado e carga perigosa. Toda a cerca deve ser inspecionada regularmente para verificar a integridade e danos.

Portões pelos quais veículos ou pessoas entram e saem devem ser acompanhados por segurança física ou vídeo monitorada. O número de portões devem ser o mínimo possível para o acesso apropriado e seguro. Veículos de passageiros particulares devem ser proibidos de estacionar dentro ou próximo a áreas de manuseio e armazenagem de carga.

O prédio deve ser construído de material resistentes a entrada forçada. A integridade da estrutura deve ser mantida por inspeção e reparo periódico. Todas as janelas internas e externas, portões e cercas devem ser seguradas com cadeados. A administração ou equipe de segurança deve controlar a colocação dos cadeados e cópias das chaves.

Sistemas de alarme e vigilância por vídeo devem ser utilizados para monitorar o local e prevenir acesso não autorizado ao manuseio da carga e área de armazenagem. Fornecedores devem ter sistema de comunicação instalado para contatar o pessoal de segurança bem como a polícia local quando problemas de segurança ou atividade ilegal forem suspeitas ou detectadas.

Critério para pessoal de segurança:

Informações tais como histórico de trabalho e referências devem ser verificadas antes da contratação. De acordo a legislação local, levantamento da ficha criminal deve ser realizado antes da contratação. Uma vez empregado, investigações periódicas devem ser realizadas.

Um sistema de identificação de funcionário deve ser utilizado para controle de acesso. Empregados devem ter acesso restritos aos lugares onde desempenham a função. A empresa deve ter procedimento estabelecido para remover identificação, acesso a instalação e sistema uma vez que terminar o vínculo empregatício.

Identificação de fornecedor ou identificação com foto deve ser apresentado para registro na chegada por todos os fornecedores. Visitantes devem apresentar documento com foto na chegada. Motoristas de entrega ou recebimento devem ser positivamente identificados antes que a carga seja recebida ou liberada.

O administrativo da empresa ou pessoal de segurança deve adequadamente controlar a emissão de crachás de identificação e retirada dos mesmos de funcionários, visitantes e fornecedores. Procedimentos para emissão, retirada e troca de dispositivos de acesso (ex. chaves, cartões chave, etc) devem ser documentado.

Critério Controle de Informação

Controle de documentos deve incluir a restrição de acesso a computador e informação. Sistemas de dados devem ter contas individuais designadas que solicite troca de senha periodicamente. Política de segurança de TI, procedimentos e normas devem ser estabelecidos e fornecidos aos funcionários em forma de treinamento.

Um sistema deve ser estabelecido para identificar abuso de TI incluindo acesso impróprio, manipulação ou alteração de dados dos negócios. Todos os violadores do sistema devem estar sujeitos a ações disciplinares apropriadas.

Critério para Conscientização de Segurança

Todos as pessoas que manipulam cargas para os EUA devem estar cientes dos riscos de segurança e passos a serem seguidos.

Um programa de conscientização de ameaça deve ser estabelecido e mantido pela equipe de segurança para reconhecer ameaça por terroristas, contrabando em cada ponto da cadeia de suprimentos. Os funcionários devem conhecer os procedimentos adotados pela empresa para abordar tal situação e como relatá-la.

Critério para avaliação de risco

A Eliane Revestimentos deve conduzir uma avaliação compreensiva dos fornecedores baseado nos critérios do C-TPAT anualmente.